1
2
3
4
 
 
 
Última Palavra
Início: 17:00 - Término: 19:00
Com: Orville Teixeira
» Ver toda programação
 
 
 
Nenhum recado encontrado!

------------------------

» Enviar recado

» Ver todos os recados
 
 
 
« Voltar



 

 

 

 

 

 

 

 

 

Domingo é da família!

Com ingressos a preços populares, público lota o Parque de Eventos CCA para os shows e finais esportivas

 

A Festa do Peão de Americana encerrou, neste domingo (10), a primeira semana de programação de sua 32ª edição. Para o presidente Beto Lahr, os três dias de evento atingiram as expectativas da organização. “Foram dias de muita alegria, com a presença do público que, mais uma vez, confirmou a qualidade da nossa festa, o que a torna referência para outros eventos do gênero no Brasil”, resumiu.

 

Outra boa notícia é que as arrecadações para o Hospital de Amor de Barretos, em apenas três dias, superaram a marca de 2017. Na sexta, sábado e domingo foram doados R$ 563 mil.

 

No Domingo da Família São Vicente, as atrações musicais começaram mais cedo. A dupla Matheus e Kauan subiu ao palco cantando o sucesso “Te Assumi Pro Brasil”, pouco antes das 22h e animou o público até a entrada dos irmãos César Menotti e Fabiano.

 

No repertório repleto de modões, “Telefone Mudo”, “Leilão”, “Saudade de Minha Terra” e “Estrada da Vida” foram cantados em coro pela plateia. Os irmãos, que começaram a carreira cantando em barzinhos, apresentaram também as atuais de trabalho “Disco Arranhado” e “Não importa o lugar”, que fazem parte do álbum homônimo, lançado em 2017.

 

Mais conforto

 

Neste ano, os frequentadores do rodeio de Americana contam com uma comodidade a mais. No local onde funciona o setor de “Achados e Perdidos”, também está disponível o “Guarda Volumes”, uma facilidade para quem deseja transitar pelo Parque, sem carregar volumes em excesso.

 

Na seção é possível guardar com segurança roupas, bolsas, entre outros objetos, ao custo de R$ 5 por peça. Se por acaso o item for esquecido, é possível retirá-lo depois, apresentando o tíquete.

 

Espaço para garotada

 

Quem pensa que rodeio é coisa só de adulto está enganado. A organização 32ª Festa do Peão de Americana elaborou uma programação especial para a garotada que comparece ao recinto. 

 

Localizada próxima à entrada da festa, em frente a área dos food trucks, está a “Fazendinha Recanto Feliz”. No espaço, as crianças aprendem sobre os animais e o funcionamento de uma fazenda. No local estão expostos carneiros, mini pôneis, mini vacas, mini bois, entre outros bichos. A Fazendinha ficará montada até o próximo domingo (17).

 

O encerramento do primeiro fim de semana foi marcado pelas decisões nas modalidades de team penning, três tambores, montaria em burros estilo ‘Traia Cheia” e etapa máster da Professional Bulls Rider (PBR).

 

Ainda antes de escurecer, com céu azul e arquibancadas lotadas de famílias, 15 trios competidores da modalidade team penning, categoria adulto, aproximaram o público da rotina do campo. Allan Archanjo, José Renato e Marcos Selani levaram a fivela de melhor do Rodeio de Americana ao encerrarem a prova em 15,027. Apesar de não terem sido os melhores da noite, na somatória os três amigos obtiveram o menor tempo: 44.737.

 

Da equipe vencedora, apenas Allan Archanjo, de 36 anos, é veterano em Americana e campeão quatro vezes. “Não treinamos juntos antes da competição. Foi Deus, a amizade e o companheirismo que formou este time vencedor”, justificou José Renato enquanto abraçava o amigo Marcos. Afinal, Marcos quase desistiu de participar do torneio por conta de um quadro de depressão. “Estou muito feliz por ter tido o incentivo da minha filha para competir e ganhar o título junto com meus amigos”, explicou o competidor.

 

Na categoria infantil, os pequenos João Vitor Archanjo, de 10 anos, Henrique Silva, de 8, e Nickolas Giglioli, 12, comemoravam o título antes do encerramento da final. “A gente tinha um tempo muito pequeno. Era só torcer para nenhum outro time ir melhor”, contou Nickolas. O trio terminou a final com 18,032, bem menor que os segundos colocados, que pontuaram 31,579. Apaixonados por cavalos, os garotos afirmam que treinam três vezes por semana. “Eu comecei a montar em cavalos com dois anos. Gosto muito disso e estou feliz demais”, disse João Vitor.

 

Na montaria em burros, o grande campeão da noite foi Jonas Sales, 30 anos, que na somatória de pontos das três noites (sexta, sábado e domingo) alcançou nota 160. O competidor também foi o melhor deste domingo (10) com 64 pontos. João é bicampeão em Americana (2016 e 2018). “É muito importante ser campeão em Americana, um rodeio que está resgatando esta modalidade esportiva que é a minha rotina de trabalho”, comemorou o peão. João trabalha em fazenda na compra, venda e doma de animais. O treino é no dia a dia.

 

E os corações da plateia ficavam mais acelerados a cada final. Na prova dos três tambores, Kelly Caroline Pereira da Silva, uma das favoritas para o título, entrou na arena montada no animal Manu Ta Fame, mas derrubou o terceiro tambor. Com a penalização, terminou a prova com 22,926, ficando no 9º lugar da classificação final, com 57,922. O título de campeã da Festa do Peão de Americana ficou na cidade com Rafaela Fortunato, que concluiu o percurso em 17,592, em cima da égua Gabiroba, totalizando 52,892 na somatória das três noites.

 

E Rafaela Fortunato, de 22 anos, caiu aos prantos no momento da premiação. “Ser bicampeã em Americana, que é minha cidade, e com a Gabiroba é muito emocionante. Nós vencemos em 2011 e ela já tem 12 anos, o que também é uma vitória porque os animais estão no auge com 8 anos de idade”, disse a veterinária que dedicou a conquista aos avôs Zizo e Nilza que completaram 60 anos de casados na semana passada.

 

PBR - Professional Bulls Rider

 

Pense em uma final eletrizante em que os touros brilharam mais uma vez. Dos 33 atletas que disputaram o terceiro round da etapa de Americana, apenas 10 conseguiram se manter nos animais por oito segundos– ou seja, 30% pontuaram. Na contagem dos pontos das três noites, apenas 8 competidores foram para a grande final em uma disputa emocionante pelo título:

 

João Marcos Machado (e o touro Cafú), Manoelito de Souza Junior (Patrão), Robinson Guedes (Despacho), Danilo Carlos Sobrinho (Chão de Giz), Renan Almeida (Baguaçu), Francis Gustavo Dezembro (Classe A), Fernando Henrique Novais (Mexicano) e Bruno Scarnello (Promotor).

 

O título ficou com Bruno Scarnello, de 21 anos. Natural de General Salgado, na grande final de domingo (10) ele e o touro Promotor receberam nota 87. Na somatória dos 3 rounds e final, Bruno chegou à pontuação final em Americana de 349 pontos. Emocionado, ele dedicou a fivela aos pais e amigos.

 

“Com os acidentes que ocorrem em rodeio, meus pais ficam com o coração apertado. Pensei em desistir, mas meu pai que trabalha com carreta e caminhão, disse que se desistisse a cada acidente de trânsito, não tocaria em frente. Me dizia para ser firme e que sou capaz. Eu, graças à Deus, estou aqui e fiz um bom trabalho”, celebrou Bruno Scarnello, que há um ano comprou o touro Bisão para praticar o esporte em casa.

 

Francis Gustavo Dezembro, de Catiguá, também em São Paulo, ocupou o segundo lugar no pódio, com 344. Francis foi o único atleta que na final montou em dois animais. Isso porque em sua primeira montaria, o animal Classe A não teve um bom desempenho, comprometendo a sua nota. O competidor assumiu o risco de montar em um outro touro em busca de uma melhor pontuação. E, em cima do animal Linha do Tempo, obteve nota 86,75. A terceira posição ficou com Danilo Carlos Sobrinho com soma total de 337,25.

 

Os animais também receberam premiação. Os melhores da etapa de Americana foram os touros Polêmico e Patrão, ambos com nota 44,75. Os dois animais são da Companhia

Paulo Emílio.

 

Americana retorna as atividades na próxima terça-feira, 12 de junho, véspera de feriado na cidade de Americana. Os portões abrem às 19h para os shows de Thiaguinho, Atitude 67 e Vintage Culture.

 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!