Juventude Notícias 2ª Edição
Início: 12:00 - Término: 14:00
Com: Waldson Diniz
» Ver toda programação
 
 
 
 
 
« Voltar



Por Assessoria Parlamentar

O deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, fez um contundente pronunciamento na tarde de ontem, segunda-feira, 17, na Assembleia Legislativa, chamando a atenção para “a queda substancial e progressiva” da contribuição dos royalties da Petrobras no Estado. Mais do que isso: o parlamentar alertou para os riscos de a Petrobras estar desaquecendo, de propósito, toda a sua ação empresarial por aqui, o que, para ele, seria extremamente danoso para a economia pública e para o futuro de Sergipe.

Para alertar a classe política dos eventuais perigos que possam estar sendo projetados pela Petrobras em desfavor de Sergipe, Luciano Pimentel usou a metáfora do sapo que se deixa morrer quando é posto em água fria e ela começa a ferver. “Desde o ano passado eu manifestei essa minha preocupação aqui com relação à Petrobras”, disse o deputado.

“E tudo isso me lembra muito a síndrome do sapo fervido. Dizem que quando você joga um sapo numa panela com água fervente, ele reage e, instantaneamente, pula fora. Ao passo que se você botar o sapo na água fria e for aumentando a fervura dela, ele vai se acomodando com a nova situação e daí a pouco ele morre”, disse o deputado.

Princípio de Pareto

“É esta a representação que estou sentido com o esvaziamento da Petrobras aqui em Sergipe. Não tenho visto uma defesa mais veementemente da Petrobras no que se refere à exploração do petróleo que gera royalty, que gera riqueza e que gera emprego”, disse parlamentar. Luciano Pimentel informou que a produção petrolífera de Sergipe corresponde a apenas 1.9% de toda a produção da Petrobras em território nacional.

Por causa disso, o parlamentar socialista, que tem formação na área de administração de empresas, apresentou um outro alerta. “Preocupa-me, também, que aqui esteja a ocorrer o Princípio de Pareto, que os economistas e executivos muito citam. É quando você aloca 80% dos seus recursos naqueles espaços de 20% que dão resultado”, justifica.

“Como nós representamos apenas esse 1.9% da produção da Petrobras no Brasil, se não houver um entendimento do povo sergipano e uma união da sua classe política de Sergipe podem deixar de investir definitivamente no Estado. E aqui reitero: a Petrobras é muito importante para nós sergipanos. Mas nós não temos a mesma importância para eles, para os mantenedores dessa empresa”, diz Luciano, sempre chamando a atenção para os perigos do Princípio de Pareto aplicados sobre Sergipe.

Royalties de menos

“É preciso que haja uma mobilização e uma boa vontade para que possamos, todos os parlamentares, de estadual a federal, todos os políticos dos municípios envolvidos, o Executivo estadual, fazer com que haja investimentos da Petrobras, para fazer que ela continue apostando no Estado de Sergipe”, diz o parlamentar.

Para demostrar o quanto a atividade da Petrobras vai ladeira abaixo em Sergipe, nenhum dos dados apresentados pelo parlamentar foi empiricamente obtido por ele. Tudo foi levantado tecnicamente junto à Agência Nacional de Petróleo – ANP -, órgão oficial que prospecta e repassa estatísticas do setor petrolífero no Brasil. E a situação, como diz ele na abertura do seu discurso, é “de uma preocupação progressiva”.

Veja apenas estes três dados apresentados por Pimentel: em 2014, o Estado foi contemplado com R$ 166 milhões de royalties. Já em 2015 caiu para R$ 97 milhões e no ano passado, fechou com apenas R$ 69 milhões. “Entre 2015 e 2016, Sergipe perdeu R$ 28 milhões. Além de possíveis desinvestimentos, é preciso considerar a retração decorrente da queda dos preços do petróleo no mercado internacional”, pondera Luciano. Toda a evolução dos royalties da Petrobras para Sergipe entre os anos de 2010 e 2014 foi, também, superior às dos anos 2015 e 2016, que estiveram bem abaixo da casa dos R$ 100 milhões.

Convidando o ministro

Para Luciano Pimentel, o significado dos royalties da Petrobras em si está calcado em outro aspecto socioeconômico importante. “Os valores repassados pela ANP representam cerca de 80% dos royalties recebidos pelo Estado”, diz ele. Porque há royalties de outros setores. A preocupação de Luciano Pimentel com o status e a significação da Petrobras em Sergipe, de fato, não é de hoje. Desde o ano passado ele vem martelando este mesmo tema, desconfiado de que “o sapo na água fria” possa ser a preparação para a aplicação em Sergipe do Princípio de Pareto.

Luciano Pimentel apresentou ano passado um requerimento convidando o gerente-Geral Nilo Azevedo para ir a Alese fazer uma exposição do que a Petrobras estaria pensando e planejando para o futuro dela no Estado nos próximos quatro anos. O gerente não compareceu. Há cerca de 15 dias, Pimentel e o presidente da Alese, deputado Luciano Bispo, foram até a Gerência-Geral da Companhia em Aracaju reforçar este convite. Foram recebidos pelo gerente-Geral interino, Genildo Luiz Borba, que desde o final do ano passado responde pela Gerência-Geral com a saída de Nilo.

“Mas nos disse que não seria possível a vinda dele a esta Casa no primeiro semestre pelo fato de a Petrobras não ter definido ainda o seu planejamento estratégico e que pela falta de recursos pela qual ela passa nesse momento, os processos entram numa concorrência interna para que possam ser habilitados”, disse Luciano. Diante disso, o deputado está pedindo uma audiência ao ministro das Minas e Energias, Fernando Bezerra Filho, do seu partido, o PSB, que deve acontecer ainda esta semana. “E assim que confirmar uma data da vinda dele a esta Casa, farei um requerimento para que promovamos com ele uma sessão extraordinária sobre o tema Petrobras”, disse o deputado.

 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
      
 
01   LUIS FONSE
Despacito
02   LÉO SANTANA
60km
03   AVINE VINNY
Wisk, cigarro, violão
04   ANITTA
Paradinha
05   FELIPE ARAúJO
A mala é falsa
06   XANDY AVIÕES
É só você me Chamar
07   JONAS ESTICADO
Com Amor Não se Brinca
08   CINTURA FINA
Sossega que ele volta
09   JOELMA
Amor Novo
10   LÉO SANTANA
Vai dar PT
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!