O melhor da Seresta.
Início: 18:00 - Término: 19:00
» Ver toda programação
 
 
 
 
 
« Voltar



Um dia após confirmar que  Magno Malta não terá cargo de ministro no início do seu governo, o presidente eleito Jair Bolsonaro disse que a advogada Damares Alves tem grandes chances de assumir o Ministério dos Direitos Humanos, Família e Direitos da Mulher. A profissional é assessora do senador do Espírito Santo e tem boa relação com a bancada evangélica do Congresso.


“Não foi prometido nada para a Damares Alves , mas seria do meu entender uma pessoa extremamente qualificada para desempenhar a função”, afirmou Bolsonaro.

 


O presidente eleito participa neste sábado (01) de uma formatura de cadetes aspirantes a oficiais do Exército na Academia dos Agulhas Negras (Aman) em Resende, cidade em que atuou no período em que foi militar.


 

Damares Alves agrada a bancada evangélica, que também gostaria de ter indicado o ministro da Cidadania. Diante de tantas controvérsias entre os nomes apresentados, Jair Bolsonaro confirmou o deputado Osmar Terra (MDB) na past a, nome que agradou por ter boa relação com a bancada na Câmara, mas que não atua exatamente pelas causas da bancada.

 


Assim como Magno Malta, Damares Alves é pastora evangélica e o fato de ser mulher, agrada o presidente, que não vê motivos em colocar um homem para chefiar uma pasta que cuidará dos direitos da mulher.

 


 

Na última sexta-feira (30), Jair Bolsonaro colocou um fim nas especulações de que o senador Magno Malta poderia assumir um cargo de ministro em seu governo. Evitando polêmicas, o presidente eleito disse que conta com o apoio do político, mas não em ministério.

 


 

“Ele [Magno Malta] sabe que tem o meu respeito. Ele não vai ficar abandonado, mas, por outro lado, ele tem como participar do governo em outra função, fora de um ministério”, disse o capitão reformado.

 


 

Caso Damares Alves seja anunciada como ministra dos Direitos Humanos, da Família e dos Direitos da Mulher, restará apenas o Ministério do Meio Ambiente ser preenchido. Jair Bolsonaro cogitou unir a pasta com a Agricultura, mas uma forte pressão tanto de ambientalista como de empresários do agronegócio fez com que o presidente eleito mudasse de ideia.

 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
      
 
01   BYE BYE
Marília Mendonça
02   ATRASADINHA
Felipe Arújo & Ferrugem
03   AMOR DESCARTÁVEL
Zé Neto e Cristiano
04   SAUDADES DE TU
MCs Jhowzinho & Kadinho e 9C0
05   VINGANÇA
Luan Santana Ft Mc Kekel
06   SÓ PRA CASTIGAR
Wesley Safadão
07   TEM QUEM GOSTA
MC Rita
08   TÔ SOZINHO
Dorgival Dantas part. Gusttavo Lima
09   PARA E OLHA
Guigo Kieras
10   BEM TE VI
Vitor Kley & Kell Smith
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!