Ligação 104
Início: 09:00 - Término: 12:00
Com: Rodrigo Junior
» Ver toda programação
 
 
 
 
 
« Voltar



Diogo Menezes Machado, diretor administrativo-financeiro da Cohidro e ex-prefeito da cidade de Carira, sertão de Sergipe, é um dos sete presos na Operação Xeque-Mate, deflagrada nesta terça-feira, 11, pela Polícia Civil e Ministério Público para cumprimento de 10 mandados de prisão, busca e apreensão. Outras três pessoas deverão se apresentar até amanhã, entre elas Diego, irmão gêmeo de Diogo.

Segundo a delegada-geral Katarina Feitosa, os presos são acusados de desviar dinheiro público em licitações fraudulentas e formavam uma quadrilha chefiada pelo ex-prefeito João Bosco Machado – pai de Diogo e prefeito por quatro mandatos.  Diogo assumiu a prefeitura de Carira em 2013 e a diretoria da Cohidro em maio do ano passado. “Era um grupo político que se valia do poder para desviar dinheiro público”, disse Feitosa.


A delegada Lara Shuster, presente na entrevista coletiva no final da manhã para detalhar a operação, explicou como era feito o desvio. “O dinheiro saía de Carira, seguia para a empresa Angular, constituída de forma fraudulenta, com uma sucessão sócios laranjas, e voltava para a conta do ex-prefeito João Bosco, para a conta do prefeito, que é o filho dele, Diogo e para a conta de Diego, irmão gêmeo de Diogo”, detalhou. Diego Machado responde na Justiça como mandante do homicídio de Wisney de Oliveira Moura, 21 anos, namorado da filha, em julho de 2015, ocorrido na cidade de Carira.


Segundo apurou as investigações, João Bosco, que era, também o secretário de obras na gestão de Diogo, chefiava a Angular, que executava todas as obras do município e fornecia mão de obra na cidade de Carira. Um dos laranjas citados na investigação, e preso nesta terça-feira, o vereador ‘Zé das Cotias’, era quem dava o aval das obras para receber o pagamento.


De acordo com o promotor do MP Bruno Melo, já foram apurados um desvio de R$ 7 milhões, mas as fraudes podem ser superiores a R$ 20 milhões.


O promotor de Justiça disse que outros desdobramentos poderão surgir. Isso porque quatro novas empresas de fachada surgiram após a Angular ser fechada por ordem judicial.


As prisões ocorreram nos municípios de Salvador (BA), Tobias Barreto e Carira. Foram presos:



João Bosco MachadoDiogo Menezes MachadoAntonio Carlos dos SantosJosé Messias dos Santos (laranja)José Alves de Menezes (Zé das Cotias)Robson Lopes de MenezesMarcelo Oliveira Menezes



 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
      
 
01   EU ACHO QUE NãO
Saia Rodada
02   MONTA LOGO VAI
MANO WALTER
03   VAI DOER
Xand Avião
04   A GRINGA PIROU
Devinho Novaes, Fernando e Sorocaba
05   NÃO ME TOCA
Zé Felipe
06   MILU
Gusttavo Lima
07   TIRO CERTO
Zé Felipe part. Gusttavo Lima
08   POUCO A POUCO FT SORRISO MAROTO
Dilsinho
09   CREDO QUE DELíCIA
Kevinho
10   AMOR FORÇADO
Unha Pintada
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!