1
2
3
 
 
 
  Programação Normal
PlayList
 
 
 
 
 
« Voltar



Na sequência das edições dos singles Não me olhe assim (Dinho Ouro Preto e Alvin L) e Tudo vai mudar (Dinho Ouro Preto, Kiko Zambianchi e Alvin L), apresentados em maio e em julho respectivamente, o grupo Capital Inicial joga na rede mais duas faixas de Sonora, o álbum de músicas inéditas que a resistente banda de Brasília (DF) lança ainda neste segundo semestre de 2018 com produção de Lucas Silveira.
Seja o céu e Tempestade chegaram ontem, 31 de agosto, às plataformas digitais com direito a clipe gravado em estúdio durante a gravação da música (no caso de Seja o céu) e a lyric video (no caso do rock Tempestade). Ambas as músicas são assinadas pelo vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, com Alvin L e com Thiago Castanho (guitarrista da banda Charlie Brown Jr. – para quem não liga o nome ao som).
Seja o céu e Tempestade têm climas distintos. Uma das melhores músicas lançadas pelo Capital Inicial em anos, Seja o céu situa a banda na pista da inquietude urbana com algum lirismo romântico. O refrão "Seja o céu / Desabe sobre mim" é especialmente envolvente.
Já Tempestade desaba como um simulacro do punk rock que Fê Lemos e Flávio Lemos exercitavam na Brasília (DF) do início dos anos 1980. Afinal, versos como "Eu sou a tempestade / Vou lavar as ruas dessa cidade / Eu sou a mentira exposta / A verdade nua / Da qual ninguém gosta" soam artificiais na boca e no toque de uma banda há anos acomodada no trono do mercadão pop. Com informações G1.

 


 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!