1
2
3
 
 
 
98 Hits
Início: 13:00 - Término: 18:00
Com: Wagner Santos
» Ver toda programação
» Peça sua música
 
 
Nenhum recado encontrado!

------------------------

» Enviar recado

» Ver todos os recados
 
 
 
« Voltar

POLÍCIA

A Justiça negou pedido de liberdade ao casal acusado de tentar extorquir dinheiro do deputado estadual Amaro Neto (PRB), no valor de R$ 500 mil, sob ameaça de divulgação de um vídeo íntimo do parlamentar.

 

A pedagoga Keila Bonde e o policial militar Fernando Marcos Ferreira estão presos desde o dia 30 de novembro. Na decisão, o juiz Júlio César Costa de Oliveira explica que a extorsão foi realizada, apesar do pagamento exigido não ter sido feito.

“Revendo as provas que acompanham a impetração, pode-se verificar que, em tese, a extorsão teria se consumado, independentemente do pagamento dos valores exigidos, em momento anterior, quando os pacientes supostamente teriam iniciado uma negociação da quantia a ser paga em troca de não divulgarem material de caráter íntimo”, informa um trecho do documento publicado na última quarta-feira.

O juiz acrescenta que a prisão foi feita em flagrante.

“Na ocasião, passados alguns minutos, os policiais teriam invadido a residência e, com base em mensagens eletrônicas existentes no celular do assessor da vítima, teriam feito a condução dos coactos e lavrado o auto de prisão em flagrante, a qual fora convertida em preventiva em audiência de custódia ocorrida no dia 2 de dezembro seguinte”, relatou.

O advogado Carlos Augusto Ribeiro dos Santos, responsável pela defesa do policial e da pedagoga, ressaltou que a decisão divulgada está relacionada à liminar que foi pleiteada.
Ele acredita que, após o recesso do Poder Judiciário, será julgado o mérito do pedido de liberdade.

“A defesa confia no Judiciário capixaba e espera que sejam acolhidos os argumentos trazidos na inicial apresentada e ao final seja concedida a ordem para que sejam ambos postos em liberdade, corrigindo, desde já, essa injustiça cometida em desfavor de ambos os acusados”, destacou.

A defesa do deputado Amaro Neto, representada pelo advogado Ludgero Liberato, informou que “reitera a plena confiança nas instituições, sobretudo, ao Poder Judiciário, na análise imparcial dos fatos”.

Entenda o caso

Vídeo íntimo

O policial militar Fernando Marcos Ferreira e pedagoga Keila Bonde foram presos acusados de tentar extorquir o deputado estadual Amaro Neto (PRB), no valor de R$ 500 mil. De acordo com depoimentos prestados à polícia, Amaro Neto e a pedagoga tiveram um caso extraconjugal, o que foi confirmado pelo parlamentar.

Prisão mantida

No início de dezembro, a juíza Mariana Lisboa Cruz determinou a prisão preventiva do casal. Na sentença, a juíza diz que o marido da acusada, ao descobrir que sua mulher estava tendo um relacionamento amoroso com o deputado, passou a fazer ameaças e a dizer que divulgaria um vídeo íntimo entre os dois.

 
Peça sua música! Clique aqui.
 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
    
 
01   QUEM ME DERA
MÁRCIA FELIPE & JERRY SMITH
02   TRINCADINHO
Jorge & Mateus
03   COLADINHA EM MIM
GUSTAVO MIOTO & ANITTA
04   SOFAZINHO
Luan Santana & JORGE E MATEUS
05   CORAÇÃO INFECTADO
Maiara e Maraisa
06   CIUMEIRA
Marília Mendonça
07   MEDICINA
Anitta
08   AO VIVO E A CORES
Matheus & Kauan
09   O BEBÊ
KEVINHO & MC KEKEL
10   SORTUDO
Wesley Safadão
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!