1
2
3
4
5
 
 
 
  Programação Normal
PlayList
 
 
 
 
« Voltar



No mês de Prevenção ao Suicídio, o Centro de Valorização da Vida (CVV), a SaferNet e o Facebook prepararam sete dicas sobre como identificar sinais de que um amigo pode estar enfrentando dificuldades emocionais, e o que fazer para ajudar em situações como essa.

 1 - Fique atento aos sinais de sofrimento emocional

É necessário reconhecer os indícios de que o seu amigo pode precisar de ajuda. Alguns sinais possíveis são mensagens, fotos ou vídeos de uma pessoa falando que se sente sozinha, desamparada e que mostra irritabilidade ou hostilidade fora do comum. Comportamentos impulsivos, como por exemplo dirigir de forma irresponsável ou aumentar o uso de substâncias como álcool e drogas, também podem ser indícios.

 2 - Leve os sinais a sério

Se você identificar indícios de que alguém na sua rede pode precisar de ajuda, é importante levar isso a sério e não achar simplesmente que é algo para chamar a atenção. Se você sentir que há algo de errado, sempre tome uma atitude.

 3 - Busque conversar e mostrar que a pessoa não está sozinha

A primeira ação recomendada é conversar com a pessoa, colocando-se à disposição para dar suporte. Nunca tenha medo de ligar para seu amigo, visitá-lo ou enviar uma mensagem para dizer a ele que você está preocupado. Demonstre que ele não é o único a se sentir assim e que não é errado pedir ajuda. Seja claro e direto, e ouça sem julgar ou interromper.

 4 - Mostre que existem recursos para ajudar

Mencione que há opções de assistência como as oferecidas pelo CVV e pela SaferNet, e ofereça ajuda para a pessoa entrar em contato com serviços de aconselhamento, centro médico ou outro serviço de saúde mental.

 5 - Reconheça quando a pessoa precisa de ajuda urgente ou está sob risco de suicídio

Se alguém ameaçar tirar a própria vida, sempre leve a sério. Algumas coisas que alguém sob risco pode fazer é falar sobre suicídio ou querer morrer, e demonstrar desespero, culpa ou vergonha intensa e urgente. Dizer adeus, glorificar a morte e perguntar como conseguir armas ou medicamentos potencialmente letais são indícios da urgência de buscar ajuda.

 

6 - Em situações emergenciais, ligue 190 ou busque serviços nacionais de emergência

Se alguém ameaçar a própria vida ou a vida de outra pessoa, isso é uma emergência. Leve seu amigo ao Pronto-Atendimento ou ligue para o 190 imediatamente. Para falar com o CVV, disque 141 ou acesse o site www.cvv.org.br para conversar por chat, e-mail ou Skype. Para falar com a SaferNet acesse: www.canaldeajuda.org.br.

 7 - O Facebook oferece canais de ajuda

Também é possível informar diretamente o Facebook de que há uma pessoa com pensamentos suicidas ou de automutilação. Se você vir uma publicação preocupante na plataforma, é possível denunciá-la como conteúdo suicida ou de automutilação, e você e seu amigo receberão dicas e recursos de prevenção desenvolvidos por especialistas. Para saber mais acesse: https://www.facebook.com/help/103883219702654/?ref=sc.

O guia “Ajude um Amigo em Necessidade”, elaborado por CVV, SaferNet e Facebook, que você pode conferir aqui, fornece mais dicas sobre como ajudar amigos em situação de risco. Na plataforma do Facebook, dentro da Central de Ajuda, há um Portal para Pais e Mães e uma Central de Prevenção ao Bullyingque trazem mais dicas. https://www.facebook.com/safety. 

 

 
publicidade lateral
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!
 
 
publicidade lateral