1
2
3
4
5
 
 
 
É De Casa
Início: 13:00 - Término: 15:00
» Ver toda programação
 
 
 
 
« Voltar



O Hospital Erasto Gaertner, referência no combate ao câncer, lança hoje a campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama e do colo do útero. Desde a sua criação, em 2010, um número cada vez maior de mulheres tem se conscientizado. Por outro lado, ainda é grande o número de pessoas que não se cuidam, o que se evidencia pela alta no número de mortes, apesar do diagnóstico cada vez mais frequente.

Segundo dados do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), desde a criação do Outubro Rosa o número de mamografias realizadas no estado cresceu 61%, passando de 120.996 para 194.824 em 2016, considerando o grupo entre 50 e 69 anos, público-alvo da campanha. Por outro lado, o número de óbitos relacionados ao câncer de mama saltou 23,8%, passando de 736 mortes para 911 em 2015.
Para a enfermeira Débora Bilovus, da Divisão de Saúde da Mulher da Superintendência de Atenção à Saúde da Sesa, os números evidencial que ainda há um grande número de mulheres que não se conscientizou sobre a importância de procurar assistência médica e realizar os exames preventivos na periodicidade recomendada — de dois em dois anos para aquelas na faixa etária considerada de maior risco.
“Uma hipótese que temos é que nem todas as mulheres tem ainda consciência (sobre o câncer de mama). Notamos que as mulheres que estão fazendo o exame de rotina são geralmente as mesmas, que já fizeram uma vez, foram conscientizadas e seguem as recomendações”, aponta a especialista.
Ainda segundo Débora, a realização dos exames é essencial para se garantir qualidade de vida ao paciente, uma vez que se o câncer é identificado precocemente, a chance de cura chega a 95%. “Ao identificar um nódulo na mama, deve se procurar a unidade de saúde para atendimento e encaminhamento aos exames complementares.”

Mutirão de cirurgias e 'invasão' de motocicletas neste mês

Dia de beleza, oficina de amarração de lenços, panfletagem, eventos educativos, iluminação da fachada do hospital com a cor rosa e produção de materiais informativos são algumas das ações que o Hospital Erasto Gaertner realizará no Outubro Rosa, que contará também com um mutirão de cirurgias de reconstrução mamária entre os dias 23 e 27. Além destas, um dos eventos mais esperados é o Outubro Rosa Curitiba, promovido pela concessionária The One Harley Davidson e que reunirá mais de mil motociclistas de diversas partes do Brasil e de países vizinhos se reunirão na capital paranaense, de 12 a 15 de outubro, com o objetivo de arrecadar R$1 milhão para o hospital.

'Exposição que ninguém quer ver' chama a atenção para a prevenção
Para atrair ainda mais a atenção para a prevenção do câncer de mama, Curitiba recebe a "Exposição Que Ninguém Quer Ver", que acontece a partir de amanhã, às 19 horas, no vão central do Museu Oscar Niemeyer (MON). São seis paineis expostos com imagens dos exames (lâminas de carcicomas) realizadas por algumas mulheres diagnosticadas com a doença e que estarão presentes na abertura da Mostra. Flávia Fogagnoli Simas, da agência TIF Comunicação, é uma das coordenadoras do projeto e explica que esta exposição tem um tom diferente. "Nossa ideia é utilizar a curiosidade e o interesse dessas pessoas pela arte para mostrar que, na verdade, aquilo que elas quiseram ver é algo que ninguém queria ver", comenta.

Casos
UF: Nº de ocorrências (taxa por 100 mil habitantes)
Rio de Janeiro
8.020 (91,25)
Rio Grande do Sul
5.210 (90,20)
São Paulo
15.570 (69,70)
Distrito Federal
1.020 casos (67,74)
Paraná
3.760 (65,24)
Câncer de Mama - Paraná Mortes
2015 911
2014 876
2013 842
2012 829
2011 806
2010 736
TOTAL 5.000

Com informações Bem Paraná.

 
publicidade lateral
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!
 
 
publicidade lateral