1
2
3
4
5
6
 
 
 
  Programação Normal
PlayList
 
 
publicidade lateral
 
 
« Voltar

Grupo é investigado por suposta fraude em análises que escondiam contaminação

A BRF, uma das maiores empresas de alimento do mundo, é o principal alvo da 3ª fase da Operação Carne Fraca, deflagrada ontem pela Polícia Federal (PF). O grupo é investigado por supostamente fraudar resultados de análises laboratoriais relacionados à contaminação pela bactéria Salmonella pullorum. As fraudes foram constatadas entre 2012 e 2015. Onze pessoas tiveram mandado de prisão decretado, entre elas ex-executivos do grupo.
Este novo capítulo da investigação da PF pode prejudicar a exportação brasileira. A União Europeia foi a primeira a pedir esclarecimentos a respeito da nova investigação. Em outras ocasiões, quando a indústria também se viu cercada por dúvidas sanitárias, a exportação brasileira sentiu muito no desenrolar dos escândalos. Há um ano, quando a Carne Fraca foi desencadeada, o Brasil viu os mercados internacionais fecharem as portas para o produto nacional.Por enquanto a Europa pede esclarecimentos, mas adianta que pode tomar outras medidas conforme os esclarecimentos forem feitos.Comunicado
Ontem, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, divulgou comunicado para tranquilizar o consumidor. “Posso garantir a população brasileira que não há nenhum risco no consumo de carnes de aves produzidas por qualquer uma das empresas citadas ou não (na investigação”, disse o ministro. Com informações Bem Paraná. 

 
publicidade lateral
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!
 
 
publicidade lateral