1
2
3
4
5
6
 
 
 
Paraná Hoje
Início: 15:00 - Término: 15:30
» Ver toda programação
 
 
publicidade lateral
 
 
« Voltar

Ratinho Jr aposta em “novo”; Cida em se tornar conhecida; Arruda no ataque

Os candidatos ao governo do Estado estreiam nesta sexta-feira (31)  a propaganda eleitoral gratuita apostando no rádio e na TV para massificarem a campanha, apresentando estratégias distintas. O deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) investirá no discurso de representante da mudança, buscando se “descolar” do governo Beto Richa, que integrou entre 2014 e 2017, além de explorar a imagem de “modernidade”. A governadora Cida Borghetti (PP) e o deputado federal João Arruda (MDB) terão como prioridade se tornarem mais conhecidos pelo eleitorado. Cida, explorando os feitos de sua curta gestão e a imagem de mulher “forte”. O emedebista buscará ainda se apresentar como o único candidato viável de oposição e “colar” em Ratinho Jr e Cida a imagem de representantes do grupo político que governa o Estado há oito anos. 
Já o ex-deputado federal Doutor Rosinha (PT) deve seguir a estratégia do partido de utilizar o espaço para reafirmar a candidatura à presidência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba desde 7 de abril. Os demais, com espaço reduzido por baixa representatividade na Câmara Federal, tentarão correr por fora. 
Nas redes sociais, Ratinho Jr já vem esboçando sua estratégia, com o slogan “chegou a hora de mudar o Paraná”, que tem um “R” como logomarca. Ao menos nos primeiros programas, deve ignorar os adversários e usar seu espaço para fixar uma imagem de eficiência e juventude. A coordenação da campanha faz mistério quanto aos detalhes do conteúdo do programa. “Mas será propositiva, sem nenhum ataque. A direção de arte é impecável. É uma linguagem capaz de reter a atenção e emocionar as pessoas”, diz o jornalista Hudson José, coordenador de comunicação do candidato.  “Devido ao comportamento das pessoas, em razão da dispersão da audiência com novas plataformas de comunicação, elas não pararam para prestar atenção no cenário político eleitoral. Ainda que não pare para ver, será impactado pelas redes sociais. Então é um momento muito importante”, avalia.
EscalaGovernadora há pouco mais de quatro meses, Cida Borghetti tem como maior desafio se tornar mais conhecida dos eleitores. “Cida tem a oportunidade de se apresentar a todos os paranaenses com propaganda de grande escala, de rádio e TV, como governadora. Até agora ela só ocupou espaços jornalísticos. Ela tem um alto grau de desconhecimento do público paranaense. A nossa meta é torná-la 100% conhecida a ponto de o eleitor poder comparar biografia”, afirma o jornalista Marcelo Cattani, coordenador de marketing da campanha da governadora.  
A propaganda de Cida terá destaque para música e peças esteticamente elaboradas. Ela também deve tentar se desvincular do ex-governador Beto Richa, e ser protagonista do programa. “Ela tem um grande legado e uma estratégia de comunicação que nós vamos apresentar, de impacto”, diz Cattani.
A campanha preparou programas e inserções de formados diferentes para cada tipo de mídia. O programa de rádio terá roteiro diferente do da TV, bem como na internet a linguagem tem sido específica. “Há um público diferente que assista ao horário eleitoral, os comerciais, e há um público que interage nas redes sociais e um que interage com o rádio. Não há mais como fazer a mesma campanha. É um novo formado, principalmente quanto à convergência do rádio com a televisão e com a segunda tela, que é a plataforma de rede. Quero destacar que terá sempre inovação”, resume. 
Cattani afirma que a campanha de Cida pretende não gastar tempo com a defesa contra acusações e ataques de adversários. “Não acredito que será uma campanha de ataques porque os três candidatos devem ter feito pesquisas qualitativas e sabem que o eleitor está intolerante com a política e não vai valorizar cultura agressiva”, pontua. 


'As duas famílias governaram juntas'
Assim como Cida Borghetti, o candidato do MDB, deputado federal João Arruda (MDB), lançado às vésperas do início da campanha após a desistência do ex-senador Osmar Dias (PDT), também terá como maior desafio tornar-se mais conhecido do eleitorado. Mas também já reservou espaço no programa para “denunciar” a governadora e Ratinho Júnior (PSD) como representantes do grupo político do ex-governador Beto Richa.
“Minha campanha será pautada por propostas, ideias, soluções. Mas é preciso separar o joio do trigo. Quem é da turma que governa e representa a continuidade e quem é a verdadeira oposição”, afirma Arruda, que pretende se colocar como único opositor viável.
O emedebista adianta qual será o principal alvo. “A família dele (Ratinho Jr) governou o Paraná 7 anos, junto com o Richa. Ele era o secretário mais poderoso do Richa. Até porque Richa não gostava de governar, ele é preguiçoso. Quem governava era o Ratinho. (O programa), não de maneira tão agressiva, nem ofensiva, vai mostrar quem é quem na campanha eleitoral”, afirma.
O programa de Arruda no rádio também será diferente da TV, com roteiro adaptado ao público específico. Na internet, terá as peças que serão usadas na TV, mas já está tendo também as suas próprias peças, na linguagem própria do meio. No horário eleitora, quando se apresentar, Arruda terá ao lado a família, como parte da sua biografia. “Não tenho dúvida que o programa eleitoral tem poder se levar a candidatura aos eleitores”, confia Arruda. Com informações Bem Paraná

 
publicidade lateral
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!
 
 
publicidade lateral