1
2
3
4
5
6
7
 
 
 
SINTONIA LIVRE
Início: 10:00 - Término: 12:00
Com: MARCOS GUTERRES -
» Ver toda programação
» Peça sua música
 
 
 
 
 
« Voltar

ESTADO E FECOMÉRCIO ENCAMINHAM ALTERNATIVAS PARA QUALIFICAÇÃO DE IMIGRANTES

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma rede de parcerias está sendo formada entre o governo do Estado e a Fecomércio para auxiliar os imigrantes, especialmente haitianos e senegaleses, que vivem do comércio informal. A iniciativa visa buscar novos parceiros para a formação profissional desses imigrantes bem como domínio da língua portuguesa e empreendedorismo.

 

A decisão foi tomada esta semana em reunião com a participação de diretores da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Fecomércio e da Fundação Gaúcha do Trabalho (FGTAS).

 

Nos próximos dias, dirigentes de entidades representativas dos imigrantes serão ouvidos para uma avaliação sobre os cursos profissionalizantes mais adequados e infraestrutura necessária para a capacitação. A partir desta identificação outras entidades serão convidadas a participar da rede.

 

A diretora do Departamento de Direitos Humanos e Cidadania da SDSTJDH, Maria da Graça Paiva, fez um relato sobre as dificuldades enfrentadas pelos imigrantes, especialmente por causa das barreiras da língua e do não reconhecimento de diplomas, e apontou a qualificação profissional como uma saída para amenizar a situação.

 

O diretor executivo do Sindióptica RS, Roberto Tenedini, disse que a situação está difícil, também, para os brasileiros. O mandatário frisou, porém, que uma solução precisa ser tomada para evitar o comércio informal que traz enormes prejuízos ao comércio e à população que acaba consumindo produtos inadequados como óculos.

 

O diretor técnico da FGTAS, Darci Cunha, relatou as dificuldades para conseguir colocação de emprego a imigrantes, porém, os que conseguem são reconhecidos pelos patrões como “muito bons”. A coordenadora de Igualdade Étnica e Racial da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Tânia Neves de Paula, informou que, além da dificuldade com o idioma, os haitianos e senegaleses reivindicam a revalidação dos diplomas (onde não precisem refazer todo o curso) e sejam reconhecidos como imigrantes e não como refugiados.

 

Uma nova reunião entre representantes do governo do Estado e da Fecomércio definirá os primeiros cursos e a infraestrutura a serem oferecidos. Também participaram do encontro o diretor do Departamento do Trabalho da SDSTJDH, Denoir da Silva, a assessora do DDHC, Márcia Sigal, os técnicos da FGTAS, Carlos Muccavini e Gizelda Costa, e o advogado da Fecomércio Renan Gonçalves.

 

 

 



 

Texto: Ascom SDSTJDH



 
Peça sua música! Clique aqui.
 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
      
 
01   BRIGUINHA BOBA PÃ PÃ RÃ PÃ PÃ
Lucas Lucco
02   QUEM ME DERA
Márcia Fellipe Part.Jerry Smith
03   VINGANÇA
Luan Santana Ft.Mc Kekel
04   TIJOLINHO POR TIJOLINHO
Enzo Rabelo Part.Zé Felipe
05   PERFECT
Ed Sheeran
06   ATRASADINHA
Felipe Araújo Part. Ferrugem
07   COZUMEL
Janaynna Feat. Humberto & Ronaldo
08   ESSE BRILHO É MEU
IZA
09   A REZADEIRA
Projota
10   ELA É SÓ DELA
Lucas Lucco Part.Mc Kevinho
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!
 
 
 

contador de visitas