1
2
 
 
 
Melhor da Tarde Pop
Início: 13:00 - Término: 15:00
Com: Luciane Nascimento
» Ver toda programação
» Peça sua música
 
 
Opa boa noite toqe aí a muzika amor proibido com Renan e Ray ofereço para minha esposa cleidiane.p.de lima e diz q amo muito ela é o Samuel Cardoso do bairro lindouro...
Samuel cardozo - Pinhao pr/Parana
25/06/2018 - 22:01
-----------------------

Quero homenagear a minha mãe Francisca, pela passagem do seu dia, quero desejar muitas , felicidades, saúde, muitos anos de vida, e manda uma música pra todas as mamães que estão na escuta ....
Dirlene de Fátima Prestes - Gaspar/Santa Catarina
13/05/2018 - 11:39
-----------------------

não apareceu ninguém com o documento de João Maria Antunes ele perdeu onte se aparecer me manda o Whatsapp da rádio eu moro em reserva do Iguaçu ele é tio de meu marido por favor me responda...
sirlei Faria dos Santos - reserva do Iguaçu/Paraná
04/05/2018 - 18:36
-----------------------

Procuro uma pessoa com o nome Luiz Damasio ou alguém da família Damasio ( Da Masio), gostaria que entrasse em contato comigo com urgência pois o assunto é familiar. Agradeço desde já....
Lurdes Calmes de Campos - Caxias do Sul/RS
29/04/2018 - 16:06
-----------------------

Opa blz aqui EO Samuel pesso a muzika "você" com Renan e Ray i ofereço pra minha família ae de pinhão i um abraço pra meus companheiros de serviço aqui na Borges em caçador SC...
Samuel - Pinhao/Parana
21/03/2018 - 20:35
-----------------------

Opa blz toke a muzika *você* com Renan e Ray aqui pra turma do Borges em caçador SC...
Samuel - Pinhao/Parana
21/03/2018 - 18:56
-----------------------

olá bom dia!! to na escuta da pioneira fm via internet e matando a saudade da minha terra maravilhosa...
andressa - florianopolis/sc
18/02/2018 - 8:15
-----------------------

boa tarde Alvino mande um abraço para meus pais Orelina e Luiz Oliarski do clube são Luiz estamos na escuta aqui é o Aguinaldo tirivinha......
´luiz aguinaldo oliarski - navegantes/SC
07/02/2018 - 17:15
-----------------------

bom dia Carlinhos estamos aqui curtindo a radio manda um abraço pra minha familia ai meu pai jauri e mãe eloar e pro meus tios luiz oliaski e oralina ....
Joílson - araucária/pr
26/01/2018 - 6:22
-----------------------

pergunta ai pro denilso.ele sendo responsavel pela secretaria de obras ,sendo pago pra isso,memo assim tem coisa q ele manda procurar o prefeito para solicitar uma restauraçao de uma estrada...
leonardo - pinhao/pr
11/01/2018 - 12:12
-----------------------

procuro trabalho de motorista possuo CNH E....
ricardo - pinhao/PR
02/01/2018 - 20:45
-----------------------

Em Luiz Amiltom voce lembra das estradas do interior mais a do bairro que voce mora aquilo ta uma nojera,...
rodrigão - Pinhão/Parana
29/12/2017 - 12:28
-----------------------

Biasinho presiso de uma pessoa para trabalhar em minha casa mais informações ligar 998174466...
odete - Pinhao/Parana
22/12/2017 - 9:20
-----------------------

estamos contratando pessoas do sexo feminino para serviço de limpeza de aptos na praia de canasvieiras oferece alojamento e refeição salario compatível tratar no telefone watsap 48 9 9962 2454 IMOBILIARIA LUIZINHO IMOVEIS...
Luis Carlos Seghetto - FLORIANOPOLIS/SC
15/12/2017 - 21:18
-----------------------

Bom diaaaa. Manda bjs para toda minha familia. De pinhão, todos os santos e santana. Estou com muitas saudades família. Toca a música MEDO BOBO maiara e Maraísa. Ass: jozy Oliveira de Curitiba.....
Jozy - Curitiba/Parana
14/12/2017 - 11:27
-----------------------

Isso aí Jean parabéns! estou na escuta aqui de Lages SC....
Fagner Caldas - Pinhão/PR
10/12/2017 - 21:21
-----------------------

oiee manda um oi para todos do faxinal do céu ....
silvana - pinhao/pr
06/12/2017 - 12:44
-----------------------

Paz do Senhor irmão da um alô para nós de Figueira. Estamos na escuta....
Adão Bernardes de Lima - Figueira PR/PR
03/12/2017 - 14:50
-----------------------

Paz do Senhor irmão da um alô para nós de Figueira. Estamos na escuta....
Adão Bernardes de Lima - Figueira PR/PR
03/12/2017 - 14:45
-----------------------

Sou recém chegado na cidade e procuro casa para alugar na região do centro, se puderem me ajudar anunciando , ficarei muito agradecido! preciso que a casa tenha no minimo dois quartos....
Adérico - Pinhão/PR
02/12/2017 - 11:30
-----------------------

------------------------

» Enviar recado

» Ver todos os recados
 
 
 
« Voltar



 

 

 

 

 

 

 

 

 

Criado em 1987, o Dia Mundial contra a Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é lembrado  nesta sexta-feira (1º) e existe para alertar a humanidade para um dos maiores problemas de saúde pública, que já matou mais de 35 milhões de pessoas, 1 milhão delas somente em 2016.

Segundo relatório da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), divulgado nesta quinta-feira (30), a ampliação do acesso a todas as opções de prevenção ao HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) poderia reduzir o número de novos casos do vírus na América Latina e Caribe, que desde 2010 se mantêm em 120 mil por ano.

As informações do relatório e os dados do Unaids revelam que 64% dos novos casos de HIV na América Latina ocorrem em homens gays, profissionais do sexo e seus clientes, mulheres trans, pessoas que usam drogas injetáveis e nos parceiros dessas populações-chave. Outro fato que chama a atenção é o aumento de infecção entre os jovens: um terço das novas infecções ocorre em pessoas de 15 a 24 anos.

A Unaids avalia que para reduzir as novas infecções entre as populações-chave é preciso adotar ações de prevenção do HIV que sejam específicas e de alto impacto, além de acesso a tratamento para todos.

Em comunicado à imprensa, o diretor regional do Unaids para América Latina e o Caribe, César Núñez, defendeu que é preciso também ter “um compromisso inabalável com o respeito, a igualdade de gênero, a proteção e a promoção de direitos humanos, incluindo o direito à saúde”.

O diretor-executivo do Unaids, Michel Sidibé, destacou a importância de garantir o acesso à saúde a todos para enfrentar a doença. “Mesmo com todos os sucessos, a Aids ainda não acabou. Mas, se assegurarmos que todas as pessoas, em todos os lugares, tenham acesso ao seu direito à saúde, a Aids pode acabar”, disse.

Quase 21 milhões de pessoas portadoras do HIV estão em tratamento no mundo e o número de novas infecções e mortes relacionadas à Aids está em declínio em vários países. Na Europa Oriental e Ásia Central, no entanto, o número de novas infecções aumentou 60% desde 2010 e as mortes relacionadas à Aids cresceram 27%.

Na África Ocidental e Central, duas em cada três pessoas estão sem acesso ao tratamento. “Não podemos ter uma abordagem de dois pesos e duas medidas com para acabar com a epidemia de Aids”, avalia Sidibé.

O infectologista Pablo Sebastian Velho trabalha há dez anos com pacientes soropositivos na Secretaria de Saúde de Santa Catarina e destacou que o programa brasileiro de tratamento de HIV é uma referência mundial. “Temos hoje os melhores medicamentos do mundo para oferecer aos pacientes, e gratuitamente.” Uma evolução no tratamento brasileiro, obtida ao longo dos anos, é a possibilidade de ser iniciado o tratamento já na primeira consulta.

HIV é um vírus que se espalha através de fluídos corporais

O HIV é um vírus que se espalha através de fluídos corporais e afeta células específicas do sistema imunológico, conhecidas como células CD4 ou células T. Atualmente, não há cura efetiva e segura, mas o HIV pode ser controlado com medicamentos.

Muitos não sabem, mas ser portador do vírus HIV e ter Aids são duas coisas bem diferentes. “O vírus HIV é o causador da Aids, mas isso não significa que todas as pessoas que têm o vírus vão desenvolver a Aids. E isso se deve, e muito, aos medicamentos que temos disponíveis no país”, disse o especialista Pablo Velho.

O infectologista explica que a única maneira de evitar que a Aids se desenvolva é fazer o tratamento adequado. “Se nada for feito para interromper o processo de evolução natural da doença, ela vai chegar. Em alguns indivíduos isso acontece de forma muito rápida, e eles podem desenvolver a Aids em até dois anos após o contágio. Na outra ponta, há algumas pessoas que podem levar mais de dez anos. Na média, são sete anos, mas não se pode confiar nisso porque varia de pessoa para pessoa e não faz sentido esperar a pessoa ficar mal para começar o tratamento”, explicou.

O tratamento pode deixar o paciente com uma carga viral indetectável e, assim, o vírus se torna intransmissível na relação sexual, desde que não existam outros fatores que aumentam o risco de transmissão, como, por exemplo, ter sífilis, o que causa lesões que aumentam o risco de contaminação.

Prevenção é o melhor remédio

A principal arma existente hoje contra a transmissão de HIV no Brasil, considerando que a transmissão em larga escala é sexual, é o uso de preservativo. Mas o infectologista Pablo Velho esclarece que há uma outra alternativa disponível na rede pública de saúde para evitar a contaminação em caso de exposição ao vírus.

“Existe uma forma, semelhante à pilula do dia seguinte em relação à gestação, que é, depois de ter uma exposição sexual de risco, receber um medicamento que diminui a chance de se contaminar pelo HIV em unidades de saúde”, explicou.

Essa estratégia é chamada de Profilaxia Pós-Exposição, usada para casos de violência sexual ou de exposição de risco ocasional. “Se bebeu demais, nem lembra se usou preservativo ou sabe que não usou, procure uma unidade que você tem o direito à prevenção”, explica o especialista. Para funcionar, a medicação deve ser administrada em até 72 horas após a relação desprotegida e precisa ser tomada durante 28 dias. “Quanto antes, mais eficaz” afirma.

Este mês, o Brasil vai adotar uma nova estratégia, a profilaxia pré-exposição. Pessoas que têm um risco aumentado de infecção – como, por exemplo, os profissionais do sexo e pessoas soronegativas que são casadas com pessoas soropositivas, entre outros – vão poder receber um medicamento que diminui o risco de contaminação quando expostas.

O especialista ressaltou que as profilaxias não excluem a necessidade de uso do preservativo, que continua sendo a melhor forma de evitar a contaminação tanto pelo HIV como pelas outras doenças sexualmente transmissíveis.

Outro fator importante para a queda no número de transmissões é a oferta de testes para que as pessoas contaminadas pelo HIV saibam da sua condição e possam iniciar o tratamento. Na América Latina, duas em cada 10 pessoas vivendo com HIV, e 4 em cada 10 no Caribe não sabem que têm o vírus.

 

 

 

Fonte: PARANÁ PORTAL

 
Peça sua música! Clique aqui.
 
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
  
 
01   DESPACITO
Luis Fonsi ft. Daddy Yankee
02   CHAVE CÓPIA
Felipe Araújo Part. Jorge e Mateus
03   CADEIRA DE AÇO
Zé Neto e Cristiano
04   AVISA QUE EU CHEGUEI
Naiara Azevedo Part. Ivete Sangalo
05   126 CABIDES
Simone e Simária
06   FLOR E O BEIJA-FLOR
Henrique e Juliano Part. Marília Mendonça
07   CHINELO E PIJAMA
Thayná Bitencourt
08   QUANDO O MEL É BOM
Simone e Simária
09   NUNCA FOI EX
Thaeme e Thiago
10   HOMEM DE FAMÍLIA
Gustavo Lima
 
Nenhuma enquete ativa para exibir!