1
2
 
 
 
RITMOS DA TARDE
Início: 13:00 - Término: 16:00
Com: EDSON COSTA
» Ver toda programação
» Peça sua música
 
Nenhum recado encontrado!

------------------------

» Enviar recado

» Ver todos os recados
 
 
« Voltar



O senador Lindbergh Farias assegurou que vai recorrer da decisão do juiz Gustavo Quintanilha Telles de Menezes, titular da 7ª Vara Cível da Comarca de Nova Iguaçu-Mesquita, na Baixada Fluminense, que suspendeu pelo período de quatro anos os direitos políticos do parlamentar.m nota, o senador disse que "a Justiça de primeiro grau de Nova Iguaçu me condenou pela utilização de uma logomarca - um sol estilizado, com a inscrição 'Prefeitura de Nova Iguaçu' - em embalagens de leite de um programa municipal, alegando que isso seria promoção pessoal. Essa mesma matéria já foi julgada em 2011, pelo STF [Supremo Tribnal Federal], que decidiu pelo seu arquivamento, com dez  votos a favor, por entender não haver indícios para incriminar-me. Estamos recorrendo dessa decisão para que a Justiça seja feita e a verdade reestabelecida", disse.
O juiz Gustavo Quintanilha Telles de Menezes condenou o senador petista por ter permitido o uso promocional de sua imagem, em dezembro de 2007 e no primeiro semestre de 2008, quando ocupava o cargo de prefeito de Nova Iguaçu e se candidatava à reeleição. Segundo informou a assessoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), nas duas ocasiões, o então prefeito distribuiu caixas de leite e cadernetas de controle de distribuição que traziam impresso o logotipo criado para o seu governo. A sentença condena ainda Lindbergh Farias ao pagamento de multa no valor de R$ 480 mil.
“O réu usou seu cargo e o poder a ele inerente para beneficiar-se em sua campanha à reeleição. O réu causou dano ao gastar verba pública na criação do símbolo, sua inserção em campanhas e sua propagação, associada a seu nome, em situações em que não era necessário. Faltou à conduta do réu impessoalidade, economicidade e moralidade. Posto isso, condeno o réu Luiz Lindbergh Farias Filho à suspensão dos direitos políticos por quatro anos e ao pagamento de multa civil no valor de R$ 480 mil reais”, disse Quintanilha na sentença.

 

Fonte: Agência Brasil

 
Peça sua música! Clique aqui.
 
Acompanhe-nos através de suas redes sociais favoritas:
    
 
01   ACORDANDO O PRéDIO
Luan Santana
02   VOCê PARTIU MEU CORAçãO
Nego do Borel ft. Anitta, Wesley Safadão
03   126 CABIDES
Simone e Simaria
04   EU SEI DE COR
Marília Mendonça
05   EU, VOCê O MAR E ELA
Luan Santana
06   BOM
Ludmila
07   SONHA COMIGO
Zé neto e Cristiano
08   PRA TER VOCÉ
Thaeme e Thiago
09   VOCÊ ME TROCOU
Bruno & Marrone, Chitãozinho & Xororó
10   FANTASMA
Luan Santana (part.Marilia Mendonça)
 
VOCÊ ESTÁ GOSTANDO DA NOSSA PROGRAMAÇÃO?
 
 
 

contador visitas